Texto: Qual será o rumo da sua vida?

 

É complicado ser obrigado a ser perfeito, não ter o direito de errar. É difícil ser o espelho para outra pessoa. É pesado ter que estar sempre certo, é cansativo estar com o cabelo bem cortado, sobrancelha feita, unha impecável, maquiagem no lugar, sorriso aberto e dentes brancos. É doído pensar na hipótese de que você falhou com alguém.
Na verdade, é assustador! Tipo aqueles bichos papões que dizem que vão te pegar caso desobedeça seus pais. A cobrança diária dos outros parece que vai crescendo à medida que os anos vão passando. Antes sua obrigação maior era não deixar comida no prato, era não voltar para casa depois que tivesse escurecido. Depois as notas não podiam ser ruins em nenhuma matéria, do português a matemática você precisava tirar notão em tudo! Logo vem a decisão de qual será o rumo da sua vida e, por favor, goste de fazer algo que te faça rico e bem-sucedido, tá?
Aproveite esses anos de estudo e diversão, mas não seja motivo de vergonha para sua família. Tome os porres e acorde de ressaca, mas sempre vá trabalhar e não conte para ninguém o que aconteceu na noite passada. Forme-se e saia da faculdade ganhando no mínimo 3 mil reais, tenha um plano de carreira, comece uma pós e já pense no mestrado. Ah, não esqueça de já ter encontrado o amor da sua vida, estar em um relacionamento sério estável e olhando o primeiro apartamento para comprar. Coisas básicas que você consegue fazer com o sorriso no rosto e antes dos 28 anos.
Por favor, não erre! Não deslize nenhuma hora dentro desse plano impecável. Não decida fazer uma viagem, não termine com o genro perfeito, não desista do curso faltando dois semestres para se formar e não pense nunca na hipótese de não saber o que quer da vida. Não abra o seu negócio, trabalhe sempre para os outros. Não arrisque! Não dê chances para os planos que “você” fez darem errado. E o mais importante: não ligue para o que os outros falam, foque nos “seus” sonhos e construa sua vida!
Não se sinta encurralado por essa pressão toda, nem se sufoque quando esse bicho papão te colocar na parede e exigir de você a “decisão certa”. Não desista de sair de casa por simplesmente estar cansado e com preguiça de ser perfeito ou por medo de errar com alguém, afinal de contas suas chances de fazer merda vendo Netflix são muito menores. Não surte! Não se deprima! Não fracasse!
Não…, não…, não…. Talvez o final desse texto possa ser diferente se você parar de ouvir tantos nãos e começar a dizer sim para você mesmo! Sim para os seus sonhos, para sua realidade. Sim para suas chances de errar e melhorar, para o direito de decidir com quem quer dividir seus sentimentos e, principalmente, sim para o tempo certo de escrever a sua história.
Ao contrário do que parece, o direito sobre a sua vida é TODO seu!
Segredo: o tempo certo é simplesmente aquele que as coisas acontecem!

Camila Kalil

About Mona Mattos

Olá! Sou a Mona, tenho 19 anitos e moro em Catalão-GO. Amo música, comecei nas artes através dela, gosto de curtir os amigos, gosto de ser lembrada, de carinho (cafuné e beijo na testa <3 ), gostar de comer é quase ironia, comer é esporte pra mim. Sou muito crítica falo na lata, mas já melhorei bastante (juro). Não acredito em príncipe encantado, mas curto um clichê. E a moda faz parte mim, me vestir bem, uma make legal e bons acessórios são coisas naturais no meu dia a dia. esse espaço é para mostrar um pouco de mim e inspirar vocês. ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>